O ARREPENDIMENTO DO DANIEL, ENFIM LIVRE

23122016-dsc_6825_

Enquanto as outras crianças brincavam, Daniel, aos 10 anos, conhecia a maconha e o álcool. As drogas eram uma maneira de fugir da violência vivenciada em seu lar: castigo físico praticado por familiares.

Ainda menino, largou a escola e passou a viver nas ruas. Foi ali que encontrou apoio em quem menos esperava, nos traficantes. Com os novos companheiros, a dependência das drogas aumentou, agora Daniel praticava delitos para poder sustentar seu vício.

Suas escolhas o levaram a afundar-se ainda mais no mundo das drogas. A relação com familiares já não existia. Ele foi preso algumas vezes. Com isso, vieram a tristeza e a culpa. Daniel não se via mais como alguém, sentia-se desprezado, perdeu o amor próprio e a autoconfiança.

O próximo passo foi dado em direção ao crack, era o fundo do poço. Daniel vivia em situação de rua, como um indigente, mutilava-se, queimava o próprio corpo. Foi então, em 2010, que um primo o chamou para conhecer a comunidade terapêutica.

A história de Daniel foi mudada! Arrependido, ele sentiu que seus erros foram perdoados por Deus, era a oportunidade que precisava para mudar de vida. Sua recuperação não foi fácil, pois teve uma recaída, mas hoje está livre das drogas e restaurado. Ele tem uma família! Esposa e filhos! E trabalha na comunidade, ajudando outros, que viveram o mesmo que ela, a se recuperarem.

Jessica Moura
Conteudista Voluntária

 

devaloravida

 DÊ VALOR A VIDA faz esse difícil trabalho com dependentes químicos, através dos seus profissionais, centenas de homens puderam regressar ao conviveu com seus familiares. Esse trabalho foi fundado por Hélio Adicto, ex-dependente químico que faleceu esse ano. Hoje é tocado pela viúva dele e por Reginaldo, outro ex-dependente químico que foi reabilitado pelo instituto.

Cada um contribui com o que pode, alguns que chegam lá não tem a mínima condição de serem tratados. Então entra o nosso apoio, para levar alimentos e doações financeiras para que os trabalhos continuem a serem realizados.

Caso queira contribuir, entre em contato pelo WhatsApp: 61 984088536

Tipos de ajudas necessárias: ALIMENTOS EM GERAL, CARNES, DOAÇÕES FINANCEIRAS PARA CONTAS DE LUZ E ÁGUA

Conta DÊ VALOR A VIDA:
Banco: CAIXA
Agência: 4463  OP: 13
Conta: 2480-6
Razão social: Catia Sirlene S Rodrigues
CPF: 647.446.514-9

DÊ VALOR A VIDA
Comunidade Terapêutica para Dependentes Químicos.
Histórias reais de vidas destruídas pelas drogas e reconstruídas pelo amor.

[display-posts post_type=”null” category=”de-valor-a-vida” tag=”null” layout=”layout2″ posts_per_page=”9″ id=””]